08 julho, 2008

Bazooka - Cartão de Visita Viral




Como primeira acção de guerrilha da Bazooka,nova agência que nasceu nos primeiros dias do ano de 2008, nada melhor que começar mesmo por dentro, a dar o exemplo.

A Bazooka, posiciona-se como um parceiro criativo das Marcas e das agências de publicidade, auxiliando as mesmas a atingir os seus objectivos de forma diferenciadora e sempre procurando gerar valor de forma criativa.

De modo a dar o exemplo, já na criação da agência, foi pensado num cartão viral, baseado no conceito do Marketing Viral, onde algo feito por uma Marca, um filme, imagem, ..., é enviado para uma rede de contactos e estes, se acharem interessante, propagam a "mensagem" pelos seus contactos, nesse conceito de espalhar sem depender da Marca que realizou o "vídeo, imagem.." reside o Marketing Viral.

Pensando nisso, a Bazooka posiciona-se como a agência com o primeiro cartão viral do Mundo, uma vez que até o nosso conhecimento nunca fora feito algo no mesmo sentido.

Como se pode observar pela imagem ao entregar um cartão a um contacto, parceiro ou cliente, no fundo o colaborador da Bazooka está a entregar dois, na parte da frente está a imagem e os contactos referentes ao colaborador e respectivo cargo.

Na parte de trás, um jogo de batalha naval relembra as práticas do Marketing de Guerrilha em seu conceito bélico, também o nome Bazooka é reconhecido por todos e para além de internacional é de fácil memorização.


O cartão foi notícia em:

Adsoftheworld

Adofdamonth

Directdaily

3 comentários:

Anónimo disse...

1º do mundo, nossa...é muito.

Mostro pelo menos 800 cartões virais que vieram antes: http://www.flickr.com/photos/dailypoetics/sets/72057594104389710/

e a espalhe, primeira agência de marketing de guerrilha do brasil, também veio antes: http://www.blogdeguerrilha.com.br/2008/07/07/business-card-com-potencial-viral/

abs

Gart disse...

Caro Anónimo

Ficamos contentes pelo seu interesse e participação, no entanto, é importante referir que no nosso entendimento o conceito de "viral" abrange mais do que uma forma, material ou cores diferentes.

O conceito de viral para nós, reside em algo que uma marca (no caso a Bazooka) faz e cuja a divulgação não depende da mesma para que seja feita. Ou seja, em um momento entrega-se a um contacto e este, se achar por bem, entrega um cartão a outro contacto.. porém na versão da Bazooka, a primeira pessoa a receber fica com um exemplar do cartão e passa outro idêntico ao seu contacto.
Logo temos uma peça que fica com o 1º contacto e uma 2º que é entregue pelo mesmo.

No link com os 800 cartões que você enviou, não consegui identificar qualquer cartão do género, no entanto são giros, diferentes, isso sem dúvida, porém não considero como virais.

O conceito da Agência Espalhe é o que mais se aproxima do cartão Bazooka, no entanto, no da Espalhe apenas é possível entregar "vinhetas" com a referência do website e o número de telefone. No da Bazooka é mesmo o cartão.

Embora este post ter sido publicado no dia 08 de Julho, o cartão Bazooka existe desde o início da criação da agência, que remonta a Janeiro do corrente ano.

De qualquer modo é sempre válida a criatividade e o importante é a interacção entre todos de modo a gerar valor para as empresas e para as áreas e mercados que laboramos, A Bazooka em Portugal, Espalhe no Brasil.. Agradecemos a sua visita e estamos abertos para a troca de experiência, ideias e opiniões

Um abraço
Flávio Gart

Raquel Pereira disse...

Concordo com o Gart, nada a ver denegrir a criatividade alheia... Muito boa ideia, adorei o conceito da batalha naval no cartão e o conceito geral de um cartão dois em um.. UAU! amei!